dor na coluna

O que é dor na coluna e suas principais causas?

O que é dor na coluna? É certamente uma limitadora da qualidade de vida de milhões de pessoas. E por isso, o tema é tão pertinente. Nesse texto, vamos explicar o que é dor na coluna e suas origens.

Atualmente a ausência de hábitos saudáveis entre jovens e adultos acarretam em muitos problemas de saúde. Um dos mais recorrentes são as dores na coluna. Elas provêm de causas distintas, e se manifestam de várias formas.

Antes de saber o que é dor na coluna, entenda os conceitos

É comum que alguns especialistas conceituem separadamente dores nas costas de dor na coluna. Entendem que essas se apresentam com graus de intensidades diferentes. Logo temos:

Dor nas costas – ligada ao tecido muscular, ocasionada por lesões ou movimentos repetitivos irregulares.

Dor na coluna – vinculada ao sistema locomotor; atinge a estrutura óssea, ou seja, a coluna vertebral.

Essa conceituação facilita a explicação do médico durante o diagnóstico, e somente ele, estará capacitado para distinguir e recomendar tratamentos.

Para entender o que é dor na coluna, é preciso saber os sintomas

Sendo assim, essas duas formas de se conceituar problemas na coluna, também terão sintomas distintos, que deverão ser explicados ao especialista, a fim de se livrar das dores de forma rápida. Entre os sintomas citamos:

Dor nas costas – espasmos musculares, constante cansaço, fadiga muscular, dores na região lombar, entre outras.

Dor na coluna – as dores seguem para braços e pernas, normalmente limita movimentos, causa sensações de dormência e formigamento.

As principais causas da dor na coluna

Existem 3 palavras de ordem que precisamos conhecer para entender o que é dor na coluna e os seus problemas, elas são:

# Equilíbrio pélvico

Nomenclatura pouco usada, mas uma das principais causas das fortes dores nas costas. Esse equilíbrio está ligado a nossas origens evolucionárias; é nossa programação física e biológica. O corpo humano se transforma durante os milhares de ano da espécie, e isto acarreta em mudança físicas significativas.

Hoje o que é constatado é um desequilibro pélvico, e isto se constata por meio de exemplos simples: horas sentados na frente do computador, manusear celular curvado e andando. Essas são indicações que daqui a poucos anos a estrutura do corpo humano sofrerá alteração considerável.

# Postura

É a maior causa de problemas na coluna certamente. Sentamos de forma errônea; usamos cadeiras desconfortáveis por horas; dormimos numa posição desaconselhável. Tudo isso culmina para uma curvatura na coluna, e claro dores.

E todos os especialistas em coluna iniciarão tratamentos buscando corrigir a postura corporal de seus pacientes. O primeiro passo para quem quer entender o que é dor na coluna e sua principal origem.

# Esforço no corpo

Esse ponto nos ajuda a entender se há algo de errado com nosso corpo. Quando temos alterações nas simetrias de nossos membros, ou parte do físico, aponta que estamos forçando o corpo para um determinado lado. Dor na coluna na certa.

Saber como prevenir, é fundamental 

Abusar de analgésicos ou anti-inflamatórios não resolverá problemas na coluna. O recomendado e melhorar seus hábitos. No trabalho se policie ao sentar, ou se passa horas em pé, corrija sua postura e utilize calçados confortáveis, por exemplo. Exercício físicos regulares e um boa alimentação são indispensáveis para quem não quer sofres das desconfortáveis dores.

Os tratamentos

Porém, caso esteja com problemas crônicos é possível procurar especialistas para tratamentos bem eficientes, muitos não cirúrgicos. Por isso, não sinta dores prolongadas na coluna por muito tempo.

Quiropraxia, RPG e outros tratamentos fisioterápicos te ajudarão a não sentir mais essas dores. Conversar com especialistas dessas áreas, por exemplo, te ajudarão a entender mais sobre o que é dor na coluna, e por sua vez, conseguirá mais qualidade de vida.

Agora que você já sabe o que é dor na coluna, suas causas, sintomas, tratamentos e muitos mais, será bem mais fácil lidar com ela.

O que é dor na coluna e suas principais causas?
Avalie este Artigo!

Deixe seu comentário